Busca      Seleção de Idioma 
     


Dom Imerecido
BRASIL | TESTEMUNHOS
Testimonio vocacional del Pe. Eder Luis Monegat, L.C.

P. Eder Luis Monegat, L.C.
P. Eder Luis Monegat, L.C.

Nasci em São Lourenço d´Oeste, no estado de Santa Catarina, Brasil. Minha região está cheia de imigrantes europeus, principalmente de italianos e alemães. Vivia imerso na cultura europeia, mas eu estava no Brasil. De fato meus antepassados são italianos, e esta cultura tem me ajudado a crescer na fé e na vocação sacerdotal. É algo que eu agradeço com todo meu coração. Existem muitos valores que admiro deste modo de vida que chegou ao Brasil, as culturas europeias têm ajudado enormemente, especialmente na fé e nos costumes.

Eu sou o mais velho de dois irmãos. Passei minha infância jogando futebol com os meus amigos, participando das atividades na Igreja e entre os meus parentes. Costumava visitar o meu tio que tinha uma casa no campo, e me divertia bastante porque brincava com meus primos. Mais que ajudar, incomodava.

Quando eu tinha cerca de seis anos  meu pai faleceu, deixando minha mãe e meu irmão. Foi algo muito forte, mas o pouco que eu estive com ele, aprendi a responsabilidade e, acima de tudo, a ajudar o próximo, como ele fez muitas vezes. Mais adiante encarei o fato da morte de meu pai com muita confiança, porque Deus sabe o que permite,
P. Eder Luis Monegat, L.C. (
e tudo é para o nosso bem.

Minha mãe sempre foi uma pessoa de grande fé, olhava tudo desde o ponto de vista de Deus, e aprendi muito com ela que influenciou tanto na minha vocação. Graças a ela Deus pôde me dar a vocação, Ele pôde trabalhar em mim, porque minha mãe me transmitiu uma fé católica simples desde a infância.

O chamado ao sacerdócio

Minha vocação nasceu, como esperado, em torno da família. Minha mãe sempre me levava a peregrinações Marianas, que são muito comuns na região. Lembro-me que estas peregrinações me ajudavam a rezar e estar mais perto da Virgem Maria; ela como uma boa mãe me levou pela mão em todos os momentos da minha vocação. Participava na missa com minha família aos domingos, e frequentava o catecismo para a primeira comunhão. Quando era criança rezava o terço com a minha família uma vez por mês, precisamente quando a Virgem Peregrina de Fátima passava pela nossa casa.

Algo que significou muito para mim naquele tempo foi o exemplo do meu pároco. Com o seu testemunho de sacerdote senti o desejo de ser como ele. De fato disse à minha mãe que queria ser padre, mas ela disse que era coisa de criança. De qualquer modo  este desejo foi aumentando até o ponto de se tornar tão forte, que culminou com a decisão de entrar no Centro Vocacional. Este sacerdote sempre ajudou os outros, sempre o víamos feliz e disponível aos paroquianos, na medida do possível buscava visitá-los.

Vocação legionária

Quando eu tinha uns 10 anos, passou pela região onde eu morava o Pe. Santiago Villafaña, LC, convidando garotos para o cursinho de verão; fiquei impressionado com a sua alegria e proximidade. Naquela época ninguém tinha me convidado para o seminário; foi providencial a visita que o padre fez na minha região, porque na minha diocese não há seminários menores, e desde tenra idade tinha o desejo de ser padre.

Minha mãe apoiou minha decisão de dar um tempo a Deus. Inclusive, graças a ela, se cumpriram os planos de Deus com relação a minha vocação. Foi suficiente apenas uma visita do sacerdote legionário para me decidir ir ao cursinho de verão no Centro Vocacional de Curitiba. Como era de se esperar, foi muito difícil para minha mãe deixar um garoto de 12 anos empreender uma viagem de mais 400 km, e sabendo que provavelmente não ia voltar tão cedo a casa.

Fiquei triste por deixar o futebol e a música, que eram minhas duas paixões, mas algo mais forte do que eu me dizia para fazer uma profunda experiência de Deus. Mesmo indo para o seminário pude desenvolver essas qualidades humanas que me preocupavam. Encontrei vários amigos no Centro Vocacional e percebi que vários formadores queriam me ajudar no desenvolvimento da vocação.

Os anos na Legião

Desde os primeiros momentos no Centro Vocacional me sentia em casa. Entrei no ano de 1996 em Curitiba. Vivenciei experiências muito boas e cresci na minha vocação. De fato, entrei no Centro Vocacional com o desejo de fazer a vontade de Deus. Com o tempo essa ilusão foi aumentando e consolidando com a formação legionária. Não tinha vergonha de dizer que durante este período estava descobrindo o que Deus queria de mim no campo da vocação, mas por dentro tinha muitos sinais de autenticidade do chamado.

As outras etapas de formação me ajudaram a formar-me e entregar minha vida a Cristo: Noviciado, Humanidades, as práticas apostólicas, filosofia e teologia. Em particular, lembro-me do último ano de teologia, foi um ano abençoado, sobre tudo na preparação ao grande dom que iria receber. Nunca tive dúvidas sobre a vocação; provas, muitas e fortes, mas nunca coloquei em questão o que Deus me pedia.

Estou muito grato a Deus e às pessoas que me ajudaram no caminho para o sacerdócio. Não fiz nada para merecer o chamado de Cristo, só tenho respondido sua escolha. A escolha veio de parte de Deus, não fui eu quem decidi empreender este caminho maravilhoso. Por isso, gosto de pensar na minha vocação como um dom imerecido, porque a obra vocacional é de Deus.


O Pe. Éder Monegat, L.C., nasceu o dia 5 de março de 1983 em São Lourenço d’ Oeste, Santa Catarina, Brasil. Entrou ao noviciado da Legião de Cristo em São Paulo, Brasil, o dia 18 de março de 2000. Emitiu a primeira profissão religiosa no ano 2002 e a profissão perpetua no ano 2008. É licenciado em filosofia e bacharel em teologia pelo Ateneu Pontifício Regina Apostolorum. Trabalhou na pastoral vocacional nas cidades de Rio de Janeiro, Curitiba y Porto Alegre (Brasil) e Asti (Italia). Atualmente é membro da equipe de formadores do Centro Vocacional da Legião em São Paulo, Brasil.


DATA DE PUBLICAÇÃO: 2013-12-14


 
 


 



Sigam-nos em:   
Patrocinada pela congregação dos Legionarios de Cristo e pelo movimento Regnum Christi , Copyright 2011, Legión de Cristo. Todos os direitos reservados.

Deseja adicionar Dom Imerecido aos seus favoritos?
Sim   -    Não