Busca      Seleção de Idioma 
     


Delegado Pontifício
 
 
Os Legionários de Cristo manifestam a sua viva gratidão ao Santo Padre e se colocam a total disposição de Mons. De Paolis (Foto: L'Osservatore Romano).
Os Legionários de Cristo manifestam a sua viva gratidão ao Santo Padre e se colocam a total disposição de Mons. De Paolis (Foto: L'Osservatore Romano).

Em 9 de julho de 2010, a sala de imprensa da Santa Sé publicou a notícia de que o Papa Bento XVI tinha nomeado o Arcebispo Velasio De Paolis, C.S., hoje cardeal, como o seu Delegado Pontifício para os Legionários de Cristo. Deste modo, tendo concluído a visita apostólica, o Santo Padre deseja “seguir de perto, sustentar e orientar” a congregação neste momento decisivo da sua história.

Na carta de nomeação, com data de 16 de junho de 2010, o Santo Padre indicou que a missão do Delegado é “governar em meu nome tal Instituto Religioso durante o tempo que for preciso para completar o caminho de renovação e conduzi-lo à celebração de um Capítulo Geral Extraordinário que terá como fim principal realizar a revisão das Constituições”.

Uma descrição mais completa da autoridade e as responsabilidades do delegado papal pode ler-se no Decreto da Santa Sé com data de 9 de julho de 2010.

O atual diretor geral, Pe. Álvaro Corcuera, LC, e os outros superiores da congregação conservam os seus cargos que exercem sob a autoridade do Delegado Pontifício e em comunhão com ele.

Sobre o cardeal Velasio De Paolis, CS.



Mons. Velasio De Paolis nasceu em Sonnino (Província de Latina, ao sudeste de Roma) em 19 de setembro de 1935. Entrou a curta idade na Congregação dos Missionários de São Carlos Borromeo (Padres Scalabrinianos). Recorreu o seu caminho de formação nos seminários desta congregação. Emitiu a sua profissão perpétua em 4 de outubro de 1958 e recebeu a ordenação sacerdotal em 18 de março de 1961.

Transfiriu-se a Roma para continuar a sua formação acadêmica. Obteve o título de Doutor em Direito Canônico na faculdade de direito canônico da Pontifícia Universidade Gregoriana, de Licenciado em Teologia na faculdade de teologia da Universidade de Santo Tomás (Angelicum), e a “Laurea” em Direito na Universidade La Sapienza de Roma. Assim mesmo completou o biênio de teologia moral na Academia Alfonsiana.

De 1965 a 1970 foi professor de teologia moral e de direito canônico em uma casa de formação filosófica e teológica da sua própria congregação. Posteriormente foi nomeado reitor do colégio internacional que os padres Scalabrinianos têm em Roma (1970-1974) ao mesmo tempo em que era Vigário Provincial. Em 1974 foi chamado ao governo geral da sua congregação como conselheiro e procurador geral. De 1971 a 1980 foi professor extraordinário e, desde 1983 professor ordinário, da faculdade de Direito canônico da Pontifícia Universidade Gregoriana. Desde 1987 também professor na Pontifícia Universidade Urbaniana, chegando a ser decano da faculdade de Direito canônico em 1998.

É autor de numerosos livros e artigos. Tem sido um colaborador assíduo na revista Periódica de re canonica. Faz parte de várias associações dedicadas ao estudo do Direito Canônico.

Durante todos estes anos também se dedicou à atividade apostólica, especialmente à pregação dos exercícios espirituais.

Em 30 de dezembro de 2003, o Papa João Paulo II o nomeou Secretário do Tribunal Supremo da Assinatura Apostólica no qual já era Referendário. Recebeu a consagração episcopal em 24 de fevereiro de 2004, tendo sido lhe designado a sede titular de Telepte.

Em 12 de abril de 2008, o Papa Bento XVI o nomeou Presidente da Prefeitura para os Assuntos Econômicos da Santa Sé, elevando-o à dignidade de Arcebispo.

Em 20 de novembro de 2010, Sua Santidade Bento XVI elevou-o à dignidade cardinalícia em uma cerimônia celebrada na Basílica de São Pedro e no dia 29 de dezembro do mesmo ano nomeou-o membro da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, do Tribunal Supremo da Assinatura Apostólica e do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos.  

No seu primeiro encontro com o conselho geral dos Legionários de Cristo em 10 de julho, Mons. Velasio lhes entregou uma carta dirigida a todos os religiosos da Congregação e presidiu uma celebração eucarística na qual, na sua homilia, exortou a todos a olhar e acompanhar com fé e esperança o novo momento histórico que a Igreja está marcando.


 
Sua Santidade Bento XVI renova aos Legionários de Cristo, aos membros do Movimento<i> Regnum Christi </i>e aos que lhes são próximos espiritualmente, a sua solidariedade e oração nestes momentos delicados.
Um novo capítulo na nossa história
Italia | Delegado Pontifício | Notícias
Pe. Álvaro Corcuera: “Sentimos profunda gratidão ao Santo Padre pela sua proximidade e por esta ulterior ajuda que nos oferece”.
 
 
 
 


Sigam-nos em:   
Patrocinada pela congregação dos Legionarios de Cristo e pelo movimento Regnum Christi , Copyright 2011, Legión de Cristo. Todos os direitos reservados.

¿Deseas agregar a tus favoritos?
  -    No